18 julho 2006

Crescendo com os Dons de Cristo!!!


“...antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo...” Efésios 4. 15


Neste último fim de semana estive falando sobre os desafios do amadurecimento cristão. Tendo como base uma parte do texto do capitulo 4 do livro de Efésios, refleti sobre o assunto, e descobri algumas coisas referentes aos Dons e a relação destes com o crescimento espiritual dos cristãos, as quais resumo aqui:

Os dons são dados para o aperfeiçoamento dos santos (v.12): o texto é claro. Os dons são para o aperfeiçoamento dos santos do Senhor. Apesar do crescimento natural que o cristão obterá ao receber do Espírito um Dom específico, ele tem como objetivo o aperfeiçoamento de todos os santos, ou seja, de todos os membros da Igreja do Senhor. Portanto, os Dons recebidos por nós são em beneficio maior do todo, não somente do indivíduo;
O amadurecimento só se dará no Corpo de Cristo (v.12b - 16) : os dons aperfeiçoam os santos, e os levam à perfeita varonilidade de Cristo, à medida de sua estatura plena, mas nunca fora do Corpo. Os santos se aperfeiçoam dentro do Corpo. São, portanto, meio pelos quais o Senhor Jesus Cristo nos usa para a edificação do nosso próximo (I Co 12). Ou seja, os dons desenvolvidos pelos outros irmãos, em parceria com o meu, nos leva à perfeição da varonilidade, da estatura plena do Senhor.
Não há amadurecimento cristão fora do Corpo: por fim, penso: se não há desenvolvimento dos Dons, não haverá aperfeiçoamento dos Santos, e do Corpo. Desta forma, não haverá crente maduro se não houver um Corpo que se edifica em amor (v.16). Somente um ambiente saudável poderá proporcionar o crescimento do cristão, seja ele jovem ou não. Portanto, somente no convívio da Igreja é que se virá a ter um crente maduro;

Assim sendo, creio precisarmos ouvir o apelo de Paulo: buscai os melhores dons (I Co 12. 31). E faço o meu: desenvolva-os dentro do Corpo de Cristo (Rm 12. 3-8). Busque uma vida no Espírito (Rm 8.11 - 15; 12. 11), não permitindo que nada o afaste da convivência da Igreja, pois é estando nela que se recebe do Espírito a capacidade de auxiliar no crescimento da comunidade, como também individualmente. Teremos, conseqüentemente, um ambiente propício para o nosso amadurecimento na fé, bem como o de nossos irmãos e de todos que o Senhor Jesus acrescentar ao Seu povo.


No amor em Cristo Jesus, Cleber B. Gouveia, pr.
Pastor auxiliar da 1ª. IPI do DF e Deão do Colégio Cedecap.

4 comentários:

  1. grande Cleber, seus textos me fazem refletir, valewzz cara, abrigado pela mensagem, ate mais!!

    ResponderExcluir
  2. Evelyn Cristina11:14 PM

    oiii Cleber...
    como vai??
    seu blogger tah uma bençao!
    continue sendo essa pessoa maravilhosa, abençoada, meiga!
    ti desejo tudo de bom!
    que Deus ti abençoe!
    bjinhus
    t+

    ResponderExcluir
  3. Anônimo11:16 PM

    oii Cleber!
    como vai??
    seu blogger ta lindo!!
    continue assim sendo essa pessoa maravilhosa, meiga, gentil, abençoada!!!
    Que Deus ti abençoe!!!
    Bjinhus
    t+

    Evelyn Cristina

    ResponderExcluir
  4. Anônimo11:18 PM

    oii Cleber!!
    como vai???
    seu blogger ta uma bençao!
    continue sendo essa pessoa maravilhosa, meiga, gentil, abençoada!
    Que Deus ti abençoe!
    bjinhus
    t+

    Evelyn Cristina

    ResponderExcluir